Botucatu é um município brasileiro do estado de São Paulo. Distância de 235 km da capital São Paulo, à qual se interliga pelas rodovias Marechal Rondon e Castelo Branco. A população estimada em 2009 foi de 130.348 habitantes.

O marco zero de Botucatu está localizado na Praça Emílio Pedutti (Bosque). O município possui clima ameno (temperatura média de 22°C) e altitude relativamente elevada, que varia de 756 metros na baixada (antigo matadouro) a 920 metros no Morro de Rubião Júnior (ponto mais alto).

História

O nome do município vem de “Ybytu katu”, que em tupi significa “bons ares”. Em 1720 era a designação dada às terras atribuídas em sesmarias no interior paulista. Os mistérios e lendas que ainda envolvem Botucatu datam do período pré-cabralino, quando teria sido ponto de passagem no caminho para o Peabiru trilha lendária que ligava o litoral atlântico às terras peruanas. O povoamento, de fato, teve início entre o Ribeirão Lavapés e a Praça Coronel Moura, onde se concentrava parte da tribo dos índios Caiouás.

Os primeiros sinais do crescimento vieram em 1830, quando fazendeiros decidiram subir a cuesta e povoar as terras ainda desabitadas. Em 23 de dezembro de 1843 – doação de terras para a criação do Patrimônio da Freguesia de Sant’Anna de Botucatu, pelo Capitão José Gomes Pinheiro Veloso, considerada, para efeitos históricos, a data da fundação da Cidade Botucatu. Em 19 de fevereiro de 1846 – criação da Freguesia do Distrito do Cimo da Serra de Botucatu. Em 14 de abril de 1855 – elevação da freguesia à categoria de vila e emancipação político-administrativa. Em 20 de abril de 1866 – criação da comarca de Botucatu. Em 16 de março de 1876 – elevação da vila à categoria de município.

Lendas

A região de Botucatu é, por muitos, considerada mística dada a significativa quantidade de lendas que a envolvem. Além de rota de passagem para os Incas conhecido como Caminho do Peabiru, ali teria sido também lugar de rituais desses e outros povos.

Existe um conjunto de elevações rochosas conhecida como Três Pedras, que vistas de longe parecem um gigante deitado. Diz-se que por ali eram os locais onde se realizavam os rituais. Hoje em dia, existem pessoas que vão para este local acampar em busca de retiro espiritual, apesar do grande número de cobras no local.

Ainda dentro das lendas, cabe destacar o folclórico personagem do Saci. Este clássico do folclore brasileiro encontrou em Botucatu o seu lar. Imortalizado pelos moradores – que fazem questão de dizer aos visitantes que já viram um Saci, este personagem ganhou até mesmo uma Associação Nacional de Criadores de Saci, com sede no município, evidentemente com o intuito de divulgar o folclore. A partir daí, passou a ser também conhecida como a Capital Nacional do Saci.

Para homenagear a comunidade de moradores desta maravilhosa cidade, o Encontra São Paulo criou o Encontra Botucatu.

Vídeo da cidade de Botucatu

Mapa da cidade de Botucatu